08 dezembro 2012

                                            TREINAMENTO EM SUSPENSÃO/ PILATES


ABDOMINAL NA CAMA ELÁSTICA COM TRX
STEP CHAIR+ TRX

TREINAMENTO DE SALTO
BOSU AGACHAMENTO
CONTROLOGIA
Adicionar legenda
EQUILÍBRO


ALBO, MARIANE 2012


24 novembro 2012

A musculação como alternativa de correção postural em adolescentes

A população atual esta mais suscetível a problemas posturais. O surgimento de desvios posturais parecem estar presentes cada vez mais cedo, na pupulação de crianças e adolescentes, com o desenvolvimento da tecnologia e eletrônicos que estimulam o sedentarismo. O crescimento urbano, reduziu os espaços direcionados ao lazer fazendo com que o  estilo de vida esteja cada vez mais focado no comportamento sedentário que leva a sérios problemas futuros.
Muitas vezes esses problemas começam a aparecer antes dos 10 anos de idade, segundo Verderi (2005), onde uma criança sem orientação adequada podera adquirir vícios posturais nas atividades do dia a dia desde o  acesso à escola com mochilas pesadas até um simples fato de ver televisão.  Pode-se dizer que a má postura é um hábito adquirido na infância e que se torna evidente com quadros de dor com passar dos anos.
Os mais comuns encontrados com o público adolescente são: hipercifose, hiperlordose e  escoliose, porém problemas com a marcha e quadro álgico  em joelhos tem ocorrido com frequência. Quando perguntado como o aluno se comporta nas atividades do dia dia , a maioria diz ficar muito sentado ou má posicionado ao assistir TV, agravando a situação presente.
Um tratamento multidisciplinar é importante na correção destes desvios, onde uma passagem pelo médico ortopedista e fisioterapeuta torna-se imprescidível, porém alternativas de exercícios podem ser criadas dentro da educação física para minimizar à evasão ao tratamento, tornando atraente a esse público que quer atuar muitas vezes em práticas esportivas não adequadas no ajuste dessas correções.
Existem estratégias dentro da musculação e dos treinamentos funcionais que se tornam lúdicos e atraentes ao adolescente de forma que a desistência ao tratamento diminui.
Neste aluno em questão aqui apresentado, em parceria com a fisioterapia, foram inseridos dentro do seu prgrama de treinamento, exercícios onde se estimula grupos musculares importantes na manutenção da postura adequada e controle da marcha, e tornou-se evidente a eficácia do treinamento.

Albo, Mariane
Alongamento posterior da coxa

Alongamento do Quadríceps e peitorais
Fortalecimento dos posteriores da coxa

Fortalecimento do quadríceps

Remada em pronação




Remada em pegada intermediária
Hiperextensão do tronco com medicine ball
Alongamento peitoral com TRX
Fotos tiradas no Studio NC personal Trainer em Niterói/RJ

Bibliografia
VERDERI, E. Programa de Educação Postural.
2a ed. São Paulo: Phorte, 2005.



19 novembro 2012

TRX para adolescentes - diversidade de exercícios
ângulos reduzidos para agachamentos
Faixa circular

Mini bosu - perdigueiro
Equilíbrio e coordenação                           Modelo: Gabriela Monaco

12 outubro 2012


Treinamento funcional para praticantes de surf


O treinamento funcional para praticantes de surf requer a utilização de exercícios específicos  que desenvolvam a velocidade de reação, equilíbrio, coordenação, lateralidade dentre outras habilidades. É necessário neste caso, trabalhar a biomecânica dos movimentos a fim de melhorar a performance dentro d'água submetida a tantas variações desde a remada até a execução das fases subsequentes. Os movimentos que envolvam os grupos hiperextensores da coluna, latíssimos do dorso, tríceps, quadríceps , isqueos tibiais e panturrilhas devem ser trabalhados de forma a obter potência, utilizando repetições altas e movimentos velozes. Já o alongamento deve-se ter ênfase nos peitorais. Um treinamento como este produz resultados rápidos na melhora da resistência dos movimentos porém exercícios que envolvam força podem ser aplicados em fases subsequentes na periodização para aqueles que complementam os treinos com a prancha.
Nas fotos o praticante de surf Master Erich Schwarz executa alguns exercícios desenvolvidos para utilização de  prancha 6'3". 
Fotos realizadas no Studio Nc personal Trainer em Niterói/RJ.
Por Mariane Albo

                                                             Exercícios com elástico

                                                     Fortalecimento do centro de força
                                                     Agachamento em superfície instável
                                          Simulação de remada em aparelho multifuncional

                                                                     Coordenação
                                                      Potencia para músculo Tríceps braquial

                                                                           Potência
                                                          Hiperextensores da coluna
Equilíbrio para trabalho de bíceps braquial

16 abril 2012

"Efeitos do treinamento de força "método pirâmide crescente" na pressão arterial em indivíduos hipertensos entre 65-85 anos

Effects of strength training through the 'growing pyramid method "in blood pressure in hypertensive subjects
between 65-85 years

Pitter Ribeiro Isidoro1,, Eraldo Santos de Paiva², Mariane Borges Albo³ 1Discente do Curso de Bacharel em Educação Física da Universidade Salgado de Oliveira Licenciado em Educação Física pela universidade Salgado de Oliveira
2Docente do Curso de Educação Física da Universidade Salgado de Oliveira Especialização em Administração Desportiva de autarquias pela Universidade Gama Filho Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Gama Filho
 ³ Licenciatura plena em Educação física pelas Faculdades Maria Thereza Especialista em pilates -LIFE

 ___________________________________________________________________________ Resumo – Este estudo teve como objetivo geral a investigação da curva pressórica através do “método pirâmide crescente” em indivíduos hipertensos entre 65-85 anos . Evidências científicas comprovam a importância da atividade física como recurso fundamental no processo preventivo de doenças melhoras dos níveis de aptidão física e manutenção das capacidades funcionais. O treinamento aeróbio parece reduzir a pressão arterial na pessoa idosa, tanto quanto em um adulto jovem. Previamente pessoas com hipertensão arterial eram aconselhadas a não realizar exercícios com pesos porque se temia como resposta aumento incomum da pressão arterial. Quais seriam, entretanto, os efeitos de uma série de força na pressão arterial da pessoa idosa com hipertensão controlada? Foram assumidos os seguintes objetivos: 1) Submeter os participantes a exercícios de força com aumento progressivo de carga característica do ”método pirâmide crescente” e 2) Comparar os resultados obtidos com os de diferentes estudos que empregaram outros métodos de força objetivando a análise da resposta pressórica ao treinamento físico. A amostra foi formada por 8 indivíduos, sendo 4 do sexo masculino e 4 do sexo feminino, moradores do bairro de Icaraí, município de Niterói/ RJ alunos do Studio NC Personal Trainer com idades variando entre 65-85 anos. Os seguintes procedimentos foram aplicados: anamnese, teste de carga máxima 1R em 80% da força máxima subjetiva, executados na cadeira extensora e supino reto com pesos livres. Os exercícios foram executados com repetições regressivas 12/10/8R e cargas progressivas em 50%60%70% do teste 1R. O resultado do teste-t (pareado) comparando o valor médio da pressão arterial sistólica pré-treinamento e durante treinamento força pirâmide (0, 0625±4,578) não indicou diferença estatisticamente significante (P = 0,97), assim como o resultado da média da pressão diastólica pré-treinamento e durante treinamento foi de (0,719±2,665) não indicando diferença estatisticamente significante (P=0, 471). Concluiu-se que o treinamento de força “método pirâmide crescente” parece não apresentar efeitos hipertensivos na pessoa idosa com hipertensão arterial controlada, constituindo um exercício de benefício para esse grupo etário. Palavras chaves: Idoso, exercício de força, método pirâmide crescente, hipertensão arterial.

01 julho 2010

Treino funcional e emagrecimento

Efeito do treinamento funcional sobre o índice de massa corporal, percentual de gordura e perimetria de mulheres entre 30-40 anos

Effects of functional training on body mass index, fat percentage and perimetry of women between 30-40 years

Vânia Rodrigues Rufino de Sá¹*, Mariane Borges Albo²

¹Licenciada em Educação Física pela Universidade Salgado de Oliveira
Discente do curso de Bacharel em Educação Física da Universidade Salgado de Oliveira
²Licenciada em Educação Física pela Universidade Maria Thereza
Bacharel em Educação Física pela Universidade Maria Thereza - Especialista em Pilates – LIFE



Resumo – Evidências científicas comprovam a importância da atividade física como um recurso fundamental no processo preventivo da obesidade. O problema enfatizado é que diversas estratégias de emagrecimento têm se fundamentado principalmente nos exercícios aeróbios e de contra-resistência, quais seriam, entretanto, os efeitos do treinamento funcional? O objetivo do presente estudo é investigar o efeito do treinamento físico funcional (em circuito) sobre o índice de massa corporal, percentual de gordura e medidas perimétricas de mulheres com idade entre 30-40 anos. Trata-se de uma pesquisa experimental, com amostra de 7 indivíduos do sexo feminino, idade entre 30-40 anos, que durante 4 semanas executaram treinamento funcional com a finalidade de emagrecer. Os seguintes procedimentos foram aplicados: Entrevista–anamnese, cálculo do índice de massa corporal, percentual de gordura (protocolo de Pollok) e medidas perimétricas. As medidas foram coletadas antes e após as 4 semanas do treinamento funcional. O treinamento foi realizado em circuito, com 10 estações, envolvendo bola suíça, faixa elástica, cama elástica, step, bosu, medicine boll, extensor, iniciando, intermediando e finalizando em esteira ou ciclo ergômetro. Os resultados apontam reduções médias de 0,84 no percentual de gordura e 0,45 cm em circunferências. Conclui-se que o treinamento funcional parece ter uma resposta positiva sobre a maioria das variáveis investigadas, constituindo-se em estratégia útil para a prevenção da obesidade.
Palavras chaves: mulheres, obesidade, treinamento funcional.




20 fevereiro 2010

pilates e exercícios - diferenças e fusão

No meu trabalho como educadora física cusmumo aplicar as "fusões de exercícios", ou seja dinamizar vários tipos de métodos, sejam eles pilates com musculação, musculação e treinamento funcional, ginástica localizada etc.
Mas estariam corretos a execução de movimentos no pilates, sem a devida concentração, respiração, e meditação, por exemplo? Existem profissionais que criaram nomes para demarcar a fusão pilates/ yoga,tais como: yolates ou yogilates. A começar pelo yoga ,desde que foi criado em torno de cerca de 2000 anos atrás, a prática de Yoga tem uma história rica. Espiritualmente, Yoga vai além do nosso planeta humilde e se estende até os céus: A missão original do Yoga foi para limpar e purificar o corpo para receber o poder divino de Deus. Hoje, enquanto muitos ainda preservam este como seu objetivo a prática, outros usam para promover a saúde, fitness e estabilidade mental. Numa aula de Yoga, você pode esperar desafios, principalmente do controle mental.
Desenvolvido apenas 90 anos atrás por Joseph Pilates, o método Pilates é uma experiência puramente físico que não contém quaisquer elementos espirituais. A prática de Pilates portanto, é um programa que se inspira na sabedoria moderna sobre o corpo humano. Por isso perfeitamente pode ser utilizado como exercício puro e simples e traduzir a vida real. O método criado por Joseph Pilates era chamado por ele mesmo de "Contrologia", que se preconiza como objetivo principal a ativação do conjunto de músculos que formam a "casa de força" do ser humano. Para tal, é necessário que se esteja concentrado,e a respiração seja correta, para que todo movimento seja feito a partir daquele ponto. Por isso talvez seja a idéia de fusão do yoga com o pilates, através de posturas semelhates ou respiração. Podemos integrar, no meu ponto de vista, todas os movimentos e métodos como forma de experimentação, e porque não? Desde que sejam dentro das possibilidades de cada ser humano, podemos desenvolver formas diferenciadas de movimentos. Não separo mais por exemplo, a execução de abdominais na musculação ou ginástica e os abdominais do método contrologia. Para mim a maneira correta de execução pertence a esse método.

Autor: Albo, Mariane